terça-feira, 28 de março de 2017

Eu sou e serei sempre da cidade, desta minha cidade. Mas eu sou também da ilha, e eu sou de Africa.
Ando cheia de saudades do mar azul, do céu aberto iluminado, das roupas leves, dos pes descalços. Que falta dos cumes das montanhas adormecidos em dias de calor tórrido.
(...)

Sem comentários:

Enviar um comentário