sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Querido 2017

Esta é uma carta de Amor.
Trata bem ao maior numero de pessoas possível. Que os maus fiquem frágeis e que os bons fiquem fortes. Que as pessoas continuem a unir-se por projectos tão bonitos como o espanhol Adopten un abuelo, e que tenham sucesso.
Nos humanos precisamos de perceber que nao precisamos de ser salvos nem empurrados para a frente ou para lado algum, so precisamos de caminhar com a humildade das crianças quando aprendem a andar - com um medo feito de firmeza e valentia -, preservando valores como solidariedade e respeito pelo próximo. Ilumina ou detém os poderosos deste mundo, todas as vezes que for preciso.
Depois querido ano, ajuda particularmente os meus pais a aceitarem com tranquilidade esta idade a que muitos chamam de velhice, faz-los perceber que chegados aqui podem ser muito felizes; que os meus irmãos saibam e possam colaborar.
E sabes, todos aqueles meus sonhos pequeninos, que nao sao urgencias nem nada, se se puder cumprir algum, que bom.
Que nenhum sopro inesperado apague nenhuma das minhas velas (oração para todos os dias).
Que predomine tranquilidade, alegria, esperança, bondade. Ver a minha gente bem.
Mais nada querido ano. Estarei ao teu dispor.

Sem comentários:

Enviar um comentário