domingo, 25 de dezembro de 2016

A bisavó

A caminho dos oitenta, levanta-se todos os dias as sete.
Prepara a lenha, acende o fogão, corta verduras, adianta o almoço para oito, da que comer aos gatos, caes, galinhas. Prepara o cafe e leva-o a cama ao bisavô faz isso ha sessenta anos.
Faz trabalho de campo, trata da casa, vai buscar a neta a escola e cuida dela durante as tardes. Jantam, ela e o bisavô, pontualmente as sete da tarde. Bebem vinho, tomam cafe; prazeres da vida.
Nas ferias grandes de netos e bisnetos fazem campismo todos juntos.
Todos netos bisnetos filhos genros noras a tratam carinhosamente por avozinha.
Nao levanta a voz, nao diz palavrões, nao se exalta, sorri com o olhar.
(...)

Sem comentários:

Enviar um comentário