sábado, 24 de setembro de 2016

Olhares

Ao Antonio perguntei-lhe, depois de tudo o que viu numa semana, o que foi afinal que ele mais gostou no Porto. Respondeu-me:
"A mi lo que mas me gusto fue la bodega y las casitas de la gente humilde, parecen casas de mentirita."
Referia-se ás caves de vinho do Porto exploradas pela familia Burmester, e ao meu Porto velho, aquele que nem toda a gente consegue ver, ás casinhas em becos e ruelas estreitos e cheios de escadaria que desde a Sé vem baixando até a Ribeira. Ali vive a verdadeira alma da cidade.
(...)

Sem comentários:

Enviar um comentário