terça-feira, 9 de agosto de 2016

Eu gostava de ser mais resiliente, mais ainda. Mas fica tão difícil suportar um mar de incertas quando diariamente tenho que lidar com as mil teias de falsidade de que esta feita a nossa actual sociedade. Nem será tanto um trabalho temporario que me desanima, nem será sequer o péssimo salario e as mil promessas que ja me cheiram a mentiras (se calhar tenho mesmo que aprender a confiar outra vez), mais do que isso choca-me a capacidade das pessoas - a enorme capacidade - de tratar os demais como se so de gente tontinha fosse feito o mundo.
Nem queria acreditar quando hoje me puseram na frente folhas de formação que nao tive nem vou ter, para eu assinar.
Nao, eu nao sou deste planeta; e por este andar nao serei nunca.

Sem comentários:

Enviar um comentário