segunda-feira, 4 de julho de 2016

Um Florentino Ariza. Um Principezinho. Um Cavaleiro Andante. Um Peter Pan.
Sempre fui eu a que vestiu de Carnaval os meus amores. Eu os inventei, por isso sambei sozinha.

3 comentários:

  1. Das coisas mais belas que li nos últimos anos.
    A forma como caracteriza os seus amores!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tao gentil, como sempre.. :)

      Eliminar
    2. Não é gentileza!!!
      A sua forma de escrever toca o ser humano que a lê

      Eliminar