sexta-feira, 10 de junho de 2016

Estive a falar com os pais agora a noite.
O G. comeu, pouquinho e de forma quase milagrosa, mas comeu. E abana a cauda. Para mim, enquanto um gato abana a cauda, tem vitalidade.
Decidi que na segunda-feira, se ele continuar a comer, se ele se tiver mantido estável durante o fim de semana, ninguém o vai levar a lado nenhum.
Se entrar em sofrimento, sim. Mas teremos esgotado todas as possibilidades.
O meu gato quer viver, e eu quero que ele viva.

2 comentários:

  1. Dá-lhe beijinhos e ternura, fazem milagres.
    Been there.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Ana. Ja tenho viagem marcada, dentro de seis dias estou com ele.
      Beijinhos e sorrisos.

      Eliminar