segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

O japones atras dos patos

Um dos jardins mais pequenos e feios da cidade, um japonês qualquer do mundo. Correu atras de três patos tão imóveis que quase não dávamos por eles ali. O susto deu-lhes vida, e naquele instante, com a fuga dos patos, talvez todo o universo se tenha desviado microscopicamente da sua posição monótona.

Sem comentários:

Enviar um comentário