terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Lugares

La em cima na serra, as pessoas são livres.
Os homens não andam todos vestidos com calças beijes como os homens aqui na cidade. As roupas são estendidas fora de casa e em todas as cordas ha ceroulas. As velhinhas vestem de luto e são alegres, despedem-se de nós de mãos juntas ao peito dizendo aquelas coisas bonitas: Deus vos guarde no caminho, façam boa viagem.
Em dois dias vi uma única pessoa de telemóvel na mão. Os pássaros e os gatos aproximam-se das pessoas, os bichos são de todos. Ninguém se zanga a toa, não levam uma pressa tonta, vivem uma espécie de imensa paz e segurança desapercebidas, como se todo o mundo as tivesse também.
(...)

Sem comentários:

Enviar um comentário