sábado, 5 de dezembro de 2015

Quase vinte dias depois de sair da empresa, ainda ha gente que vem ter comigo na rua e me pede uma oportunidade de trabalho.
A ultima vez que estive no Porto, ao cruzar Santa Catarina, ainda houve uma vendedora da revista Cais que me reconheceu e cumprimentou.
(...)

Sem comentários:

Enviar um comentário