domingo, 6 de dezembro de 2015

Passion for pics

Hoje foi o dia. Sai para caminhar, levei a maquina fotografica. Conversei com o meu velhote um bom par de horas, depois sentamos numa terraza very spanish, em frente ao mar. Bebemos um martini, comemos umas tapas. Havia calor, uns la bem perto de trinta graus: o nosso dezembro.
Disparei a maquina como eu gosto, uma centena de vezes, por puro prazer.
Encontrei um casal e dois caes a fazer um picnic em plena praia, para mim aquele foi o retrato mais fiel de gente feliz que vi nos ultimos tempos. Pescadores, gente comum e descomplicada. Casinhas antigas, janelas velhas, porticos em ruinas. Gatos, muitos gatos; vadios, espertos.
Areia vulcanica, negra e brilhante; o mar bravo, barquinhos la longe. Apanhei uma pedrinha negra e uma concha para a minha mae, que ela guardou como se lhe entregasse um tesouro.
Sao dias assim que me constroem, que me acalmam; que me ajudam a ser um bocadinho mais perto de feliz.

Sem comentários:

Enviar um comentário