terça-feira, 7 de julho de 2015

Maria Barroso

Faz tempo mas há vivencias e pessoas que nos ficam gravadas na memória, e ela ficou. Era uma mulher com verdadeiras ideias e preocupações na área social. Organizou aquele almoço tão simpático com representantes de entidades do norte, IPSS e ONGs. Fiquei a admira-la e confesso que a partir daquele dia em que sentamos juntas à mesa e falamos das nossas preocupações comuns, deixei de a ver apenas como a esposa de Mário Soares para passar a ve-la como alguém totalmente implicado naquilo em que realmente acreditava; uma mulher forte, com caracter, atitude e sensibilidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário