segunda-feira, 27 de julho de 2015

Bem vindo ao mundo, pequeno Principe

Faz em Setembro proximo, dezoito anos que ouvi falar de ti a pimeira vez.
A tua mae é muito bonita, tem uns olhos grandes e é silenciosa como costumam ser as gatinhas domesticadas para serem a alma de uma familia inteira. Conheci-a no nosso primeiro ano na faculdade, logo me disse que tinha um sonho grande: ser mae. Pensei para com os meus botoes como seria possivel que uma miuda daquela idade, da minha idade, tivesse um sonho desses de gente grande e feita na vida. Eramos umas miudas, eu sei.
Os anos foram passando e dias bons e dias maus foram vividos, ficamos perto dos quarenta e alguma vez ela esmoreceu. Mas os sonhos sao para cumprir e hoje chegaste ao mundo, um mundo onde tanta gente cheia de Amor te espera.
Sabes uma coisa querido J, acho que desde aquela conversa tambem eu esperei por ti, todos estes anos. Se calhar so para ter a certeza de que sim, de que os sonhos se cumprem mesmo.
Que tragas uma alma cheia de luz; que o mundo seja um lugar melhor para ti.

1 comentário: