sexta-feira, 22 de maio de 2015

O mundo de cada uma

Nao acontece muitas vezes, mas em alguma rara manhã como a de hoje, desperto e levo a vida menos a serio. Tambem faz falta, tambem sabe bem.
Assim, era bom perder um par de quilos (nao costumo ter destas preocupacoes); e que falta sinto eu da Pele, sou de poucos luxos mas lavar o cabelo todas as semanas no cabeleireiro é das coisas que realmente gosto de fazer. Foi rotina durante dois anos, deixou de ser rotina ha dois meses e ja me sinto meio cavernosa pelo que se calhar vou ter que reordenar outra vez as minhas prioridades (ou nao). Comprar biquinis giros, beber uma caipira numa terraza junto ao mar, comprar um relogio (esta juro que nao sei de onde me veio!) e conhecer pessoalmente o dono do Miséria (o Miséria é um gato que vive como um rei, e o resto da historia nao vou contar).
A ver se a outra metade do meu cerebro desperta e volto a equilibrar os dois mundos.
(...)

Sem comentários:

Enviar um comentário