quarta-feira, 8 de abril de 2015

Depois de trinta e seis anos a acreditar que o meu nome teria origem indiana, ao ler uma revista da Universidade do Porto que no espaco Cultura dedica um texto ao tao querido pintor Nadir Afonso, descubro finalmente a verdadeira origem:
 "Nasceu em Chaves a 4 de dezembro de 1920. Era para se ter chamado Orlando mas no dia em que o pai, Artur Maria Afonso, poeta, o foi registar, encontrou um amigo cigano que lhe sugeriu Nadir. Significa raro, em hebreu, e designa o ponto astrologico diametralmente oposto a Zenite, relativamente ao qual desenha uma linha vertical, reta, que passa pelo centro da Terra."

Sem comentários:

Enviar um comentário