segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Meios dias num mundo de dias inteiros

Por vezes, como todo o mundo, tenho um dia como o de hoje.
Agua de chuveiro e um colo so meu, poderiam salvar-me. Enfiar a cabeca debaixo do nordico e pensar que se for o fim do mundo, nao vou sentir nada.

Sem comentários:

Enviar um comentário