terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Mal entrado o ultimo mes do ano e percebo o quanto as pessoas ficam mais pensativas a partir do instante em que passamos a contar Dezembro. Exclamam dando-se conta da efemeridade da vida Como passou depressa o ano! Corremos tanto, todo o tempo, e de repente que nostalgia chegar.

Sem comentários:

Enviar um comentário