sábado, 22 de novembro de 2014

36

Meu aniversario.
Amanheci com um telefonema dos meus pais, eram sete horas e quarenta e quatro minutos. Malucos, doidos, euforicos como se estivessem acabados de chegar de uma das noitadas dos meus dezoito anos. Invejo-lhes a energia, oxala com o passo dos anos eu va ficando mais parecida com eles. Abri o link do JN, e a primeira noticia que li foi que o Socrates chegava de Paris e foi preso no aeroporto de Lisboa. Liguei ao meu pai, rimos ao telefone. Pus uma musica: Allways searching. Levantei da cama, por fim. Sai para desfrutar da chuva - chove na ilha e e tao bom. Mensagens, telefonemas. Uma mensagem muito muito especial: nasceu o P. Uma pequenina homenagem de minha parte, que estou longe e gostaria de estar junto: pela primeira vez na minha vida pintei as unhas de azul bebe. Para ti meu querido principe, com o meu melhor sorriso.
A mae esta na cozinha, a minha sobrinha anda de pijama pela casa, diz que esta a ver uns desenhos animados do Vincent Van Coco! Com tres anos e nao para de pegar-me nas maos e dizer que quer que eu lhe pinte as unhas de blue.
Demasiada energia amor e alegria, para resistir. Deixo-me ir, sacudo o po da tristeza dos ultimos dias...

Sem comentários:

Enviar um comentário