quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Autumn leaves

Deve ser porque vivo neste clima abencoado, que por esta altura tenho saudades de tudo o que nos traz o Outono. Ou talvez nao. Lembro-me que quando era miuda ja gostava desta estacao, identificava-me e vivia as cores e o desnudar-se silencioso e numa pressa crescente das arvores, a chegada do frio, os dias a ficarem pequenos, o regresso as aulas - eu sempre adorei estudar - as roupas mais aconchegantes, tudo numa sintonia profunda com esse lado mais romantico e nostalgico que eu sempre tive mais saliente. Aqui na ilha quase nao se nota o Outono, esse esplendor tao tipico que me fazia viajar e ficar mais dentro de mim, nunca mais o vivi. Nos ultimos sete anos fiquei ainda mais segura de que o Outono e tao bonito como o Verao, igualmente interessante e especialmente poderoso.  Naturalmente tudo o que o sol dourou na ultima estacao, pede descanso. A vida so se renova atraves de pausas que antecedem recomecos. É no fundo da terra que as raizes e as sementes estabelecem a necessidade de renovacao, esse periodo interior de silencio e descanso em que a terra ganha força e faz promessas.

Sem comentários:

Enviar um comentário