quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Mundo cao

Nunca estarei de acordo com uma guerra, mas se me ponho no lugar dos poderosos percebo que lutar pela paz nao se consegue atraves de passividade a tempo inteiro. A primeira vez que me deparei com esta dura verdade, foi quando li as memorias de Mandela durante os anos em que esteve preso.
Parece-me terrivel demais para a historia da humanidade o que esta a acontecer em Gaza, mas se me meto dentro da historia, se a descubro sem hipocrisias, consigo compreender a posicao de Israel.
Muito complicado e ao mesmo tempo muito triste que aos danos colaterais correspondam a morte de criancas inocentes.

Sem comentários:

Enviar um comentário