quinta-feira, 24 de julho de 2014

Hoje quase madruguei, sai bem cedo para tomar o breakfast com o pai, gosto de amanhecer na companhia deles sempre que e possivel. Croissants frescos, cafe, o sorriso simpatico da mademoiselle da pastelaria e o sossego do local ainda vazio. Depois, sozinha, empreendi o habitual caminho rumo a praia. Apetecia-me fotografar areia, pes, risos, mar, e o cinzento delicioso desta fresca manha de Verao. Miudos jogavam a bola tao cedo, com as camisetas dos idolos vestidas. Morenos que parece que vivem toda a vida num Verao sem fim, gente totalmente do mar, gente descomprometida, com asas. A luminosidade hoje era quase magica, tudo em tons de Inverno num cenario semi-tropical.
Chego sempre a mesma conclusao: este nao e um dos lugares mais bonitos do mundo, mas e sem duvida um dos mais felizes.

Sem comentários:

Enviar um comentário